Haarlem

Foi em um bate-volta que conhecemos Haarlem. Era dia 30 de Setembro 2021, saímos de Amsterdã por volta das 10:00 e em menos de 30 minutos já estávamos lá.

Charmosa e bem pequena, dá para conhecer a capital da província da Holanda do Norte em apenas 1 dia e vale muito a pena, a cidade é encantadora.

Com direito a canais, passeios de bicicletas, pontes e museus cheios de história, a cidade tem a cara da Holanda.

Grote Markt, a principal praça de Haarlem

Assim que chegamos, caminhamos da estação de trem até a Grote Markt, e nos deparamos com uma bela praça, bem grande e com muitos prédios históricos ao redor, sendo considerada por muitos a praça mais bonita da Holanda.

Bem no meio da praça, a catedral gótica de São Bavão é o primeiro destaque. Com uma beleza arquitetônica que chama muito a atenção de qualquer ponto da praça.

Continuando o passeio pela Grote Markt, ainda encontramos outros prédios que chamam a atenção. Um dos mais curiosos é o  hoofdwacht , o prédio mais antigo de Haarlem. Ao longo de tantos anos, já funcionou como cadeia, loja de arte e sede de reuniões. Em algumas semanas do ano, o prédio abre para visitação.

Hoofdwacht

Também vale destacar duas construções do século 17: a antiga prefeitura de Haarlem, que também já foi palácio de caça do conde William II e o Vleeshal, o antigo açougue que hoje abriga uma das sedes do Frans Hals Museum, o museu mais importante de Haarlem.

Ao redor da Grote Markt, você pode encontrar muitas ruas de circulação exclusiva para pedestres, repletas de lojas de grife, boutiques e casas de moda. E por todo lado, a cidade está repleta de cafeterias charmosas, mesas na calçada, movimento de pessoas e muita, muita beleza.

E se você gosta de história, pode visitar a casa de  Corrie ten Boom.  (Corrie ten Boom Huis) em Haarlem. Corrie sobreviveu aos campos de concentração nazistas e ajudou muitos judeus a se esconderem na sua casa para escapar da perseguição.

Outra construção linda e imponente é o Teylers Museum, que fica bem às margens do rio Sparne. Esse é simplesmente o museu mais antigo da Holanda! O prédio é lindo de morrer, e aguenta firme desde 1794.

Canais, casas e bicicletas: o charme de Haarlem

As margens do Rio Spaarne, é hora de aproveitar a melhor vista de Haarlem. O charme e a beleza dessa pequena cidade holandesa é de tirar o folego. As bonitas ruas, a beleza das casas que margeiam o rio são realmente surpreendentes.

É possível alugar um barco para percorrer os canais, ou mesmo entrar em uma excursão em um dos barcos que percorrem as rotas turísticas dos canais de Haarlem todos os dias.

Molen de Adriaan e Amsterdamse Poort

E caminhando às margens do rio Spaarne não podíamos deixar de cruzar a Catarijnebrug, a bonita ponte sobre o rio Spaarne, que oferece uma das mais bonitas vista da cidade. Ali ao lado está o Molen de Adriaan, o moinho de vento de Haarlem. Tem coisa mais holandesa que um moinho de vento?

O moinho de Haarlem é lindo e super bem localizado, com vista para o rio Spaarne. É possível visitar o interior, onde funciona um pequeno museu.

Seguindo para além do Spaarne, em uma pequena caminhada você chega em outro ponto turístico e histórico de Haarlem: a Amsterdamse Poort, um dos antigos portões da cidade de Haarlem. A construção é considerada um monumento nacional, resistindo aos anos e invasões que a cidade viveu.

Jopenkerk: bebendo cerveja local numa antiga igreja

Haarlem tem uma alma cervejeira. Por séculos, a cidade carregou o título de cidade com mais cervejarias da Holanda. Mas a febre do momento é a Jopenkerk, a cervejaria local que funciona dentro de uma antiga igreja.

É isso mesmo. Já imaginou beber cerveja dentro da igreja? Pois é, em Haarlem isso é possível. E é muito interessante vivenciar isso.

E o nosso dia em Haarlem terminou assim, depois desse chopp, voltamos a estação e de trem retornamos a Amsterdã.

Valeu demais!!