Insbruck

EUR_7642

Innsbruck é uma linda  cidade no oeste da Áustria, capital do estado do Tirol. Ela é cortada pelo rio Inn, de onde vem seu nome. A palavra “bruck” tem sua origem na palavra de língua alemã  Brücke, que significa “ponte”, o que leva a cidade a chamar-se “Ponte do Rio Inn”.

Localizada no vale do Inn, a cidade está no meio de altas montanhas, como o Nordkette (Hafelekar, 2.334 m) ao norte, o Patscherkofel (2.246 m) e o Nockspitze (2.403 m) ao sul.
Nosso roteiro de 2 dias na cidade foi todo feito a pé e foi tempo suficiente para conhecermos a cidade e suas principais atrações, alem de nos encantar muito o fato da cidade ser toda rodeada de montanhas nevadas o que tornou nossa caminhada muito mais agradável.
Insbruck_0012
EUR_7635
Caminhando por Innsbruck  o que chama mais atenção são os prédios. Que não são apenas prédios, mas obras de arte. Alguns pintados, outros com esculturas – um mergulho na arquitetura medieval e um presente aqueles que adoram fotografar, como eu e  meu marido André. Dá vontade de ficar o tempo todo apontando a câmera pra cima tirando foto de tudo.
O grande destaque no centro de Innsbruck é o Goldenes Dachl, ou o Telhado Dourado, que é o símbolo da cidade, o ponto de referência, a descoberta excepcional.
Insbruck telhadinho_0032
O Goldenes Dachl (Telhado de ouro) é um edifício histórico na Old Town de Innsbruck.  Construído em 1500, o telhado foi decorado com 2.738 ladrilhos de cobre dourados para marcar o casamento do imperador Maximiliano I com Bianca Maria Sforza.  O casal usava a varanda para ver os  eventos que ocorriam na cidade, como se estivessem em um camarote!

Conhecer Nordkette também foi incrível, um mirante que fica no alto de um dos Alpes Austríacos que redeiam a cidade de Innsbruck. A vista lá de cima é simplesmente incrível e, mesmo que você não curta esquiar,  não deixe de subir para ver esse visual e tirar fotos maravilhosas.

No inverno, os amantes de esqui lotam Nordkette com seus equipamentos. Já no verão, os  amantes de esportes radicais sobem para praticar trekking, escalada e mountain bike.

A subida  até lá é feita em 3 etapas, utilizando um funicular. Um dos pontos de parada do primeiro funicular  é na frente do Congresso, ao lado do Hofburg. Esse funicular vai até Hungerburg (antes ele para no Alpine Zoo), uma pequena vila com alguns restaurantes, um ponto para ver a cidade do alto e uma estação para subir para a segunda etapa. Dali você pega um teleférico e sobe até Seegrube, que fica a 1.905m, de onde a vista é ainda mais linda. Nessa etapa tem uma grande área aberta  com restaurante e mesas de madeira, e também um Cloud 9 Iglu Bar, onde rolam festas nos fins de tarde de inverno. Dali você pega o teleférico para a última etapa, até Hafelekar, que fica a 2.256m, que te oferece uma vista impressionante (e um frio congelante) da cidade! uma vez ali, você pode fazer uma pequena caminhada até o topo (HafelekarSpitze) a 2.334m, e ter uma das vistas mais altas da cidade!

 

EUR_7647
IMG_4995
IMG_5009
IMG_2949
EUR_7696

Além de contar com belezas naturais e históricas, Innsbruck é um importante centro de compras e lazer. A principal rua comercial da cidade é a Maria-Theresien Strasse.

Lá, símbolos tradicionais da capital do Tirol, como o Triumphpforte, arco do triunfo feito em 1765 pelo imperador Leopoldo II, convivem em harmonia com lojas de grife e galerias modernas.
Insbruck_0029

Innsbruck também é a cidade da Swarovski, por isso fomos conhecer o Swarovski Crystal World Museum, que como o nome mesmo diz, o museu é um Mundo de Cristais Swarovski. É  um espaço enorme que engloba um museu fechado, com vários espaços temáticos, usando os cristais como matéria prima principal. Alguns são um tanto quanto psicodélicos, muitos até sem sentido, mas outros são lindos e incríveis de ver. O efeito dos cristais é de deixar de boca a aberta. nesse museu fechado, a visita termina com a maior loja Swarovski que existe.

EUR_7621

 

Em Innsbruck foi isso…uma incrível viagem, conhecendo um pedacinho da Austria.

Próxima parada…Salzburg.

Anúncios